Câmera IP

câmera IP

Câmera IP

As câmera IP tipo network possuem um servidor Web interno (no caso das câmeras Axis, um servidor Linux baseado no Servidor Apache) que possibilitam o envio de imagens ao vivo pela Internet, bastando para isto a conexão da câmera diretamente em uma rede ou em um hub / switch ligado em um modem tipo banda larga. Um modem de conexão discada também poderá ser utilizado, porém devido a sua velocidade, a performance não será igual a uma conexão banda larga.

câmera IP

Ao ser conectada em um ambiente de rede (rede interna ou Internet) a própria câmera gera seu endereço IP, que será o endereço a ser utilizado para a visualização das imagens através de um navegado Internet (Internet Explorer, por exemplo).

A grande vantagem da câmera tipo Network é que ela não necessita de um computador para que suas imagens sejam enviadas para a Internet (ou uma rede).

Muitos irão pensar: mas será mesmo vantagem não necessitarmos de um computador?
A resposta é sim: um computador requer manutenções preventivas periódicas, um bom sistema de no-break (bom e caro) de modo a não parar no caso de falta de energia elétrica, ambiente controlado, já que em condições de calor poderemos ter problemas, etc, etc, etc.

Já a câmera IP, devido ao seu baixo consumo, poderá utilizar um sistema de no-break de baixa potência (e consequentemente baixo custo), não requer manutenções preventivas, não requer ambientes controlados, permite fácil acesso remoto a imagem por ela gerada, etc, etc, etc.

Câmera IP via Internet

Com uma única câmera IP você poderá visualizar quase todos os espaços de uma sala ou ambiente interno, pois ela traz um mecanismo móvel que recebe comandos pela Internet.

É possível girar a câmera até 140 graus na Horizontal (PAN) e 120 graus na vertical (TILT), por meio de cliques no mouse de seu microcomputador.

O acesso é feito via Web Browser (Internet Explorer) de qualquer parte do mundo.
A câmera dispensa a instalação de interfaces de captura, bem como, software para captura das imagens.

Ip Câmera

ISDN/DSL

Utilizam as redes de telefonia convencionais para transmitir dados em alta velocidade que variam de 128 Kbp/s (ISDN) até 4 Mbp/s (DSL). Bastante difundido no Brasil através das grandes empresas de telefonia como Telemar, Telefónica e Brasil Telecom. Para uma rede de telefonia transmitir dados através destas tecnologias, ela precisa ser 100% digital além das companhias de telefone adaptar uma aparelhagem que a viabilize a conexão. Requer do usuário um modem apropriado. É possível ampliar esta tecnologia desde que as redes sejam substituídas por cabo de fibra óptica.

Cabo CATV

Esta tecnologia utiliza as redes de transmissão de TV por cabo convencionais para transmitir dados em velocidades que variam de 256 Kbp/s a 8 Mbp/s.

Utiliza uma topologia de rede partilhada, onde todos os utilizadores partilham a mesma largura de banda.

Actualmente vigoram 3 normas aplicáveis à transmissão de dados no cabo:

  • – DOCSIS 1.0/EuroDOCSIS 1.0
  • – DOCSIS 1.1/EuroDOCSIS 1.1
  • – DOCSIS 2.0/EuroDOCSIS 2.0

A diferença entre DOCSIS/EuroDOCSIS prende-se com a forma como se utiliza o espectro de frequências no cabo, estando a norma EuroDOCSIS mais vocacionada para o mercado Europeu. A norma DOCSIS foi no entanto a primeira a ser desenvolvida.

As normas DOCSIS 1.0 e 1.1 são actualmente as mais utilizadas. A norma DOCSIS 2.0 exige alterações importantes nos equipamentos do ISP e como tal está a mostrar mais resistência na sua adopção.

Mais recentemente foi desenvolvida a norma PacketCable (e a correspondente EuroPacketCable) que define a forma como se pode implementar telefone no cabo.

Estão também a ser desenvolvidos novas normas para VideoOnDemand, Televisão Interactiva e Televisão Digital.

No Brasil, as duas maiores companhias de TV a cabo NET e TVA disponibilizam o serviço. Requer do usuário um modem apropriado. Em Portugal, todas as companhias de TV por cabo disponibilizam internet por cabo: TVCabo, Cabovisão, Bragatel, TVTel, Pluricanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *