Cerveja Vikings

A Cerveja dos Vikings

Antes de iniciarmos a nossa viagem no tempo e mergulharmos em busca de desvendar o universo da cerveja na era Viking, precisamos entender um pouco sobre a historia desses tão famosos e destemidos guerreiros.

choperia carmona

Era dos vikings, também conhecida como Vikingtiden – termo em norueguês – foi o nome dado ao período de aproximadamente três séculos do incio da Escandinávia que se estendeu aproximadamente de 800 a 1050 d.C.

Nos Países Nórdicos, a época dos vikings é a última fase da Idade do Ferro, que constitui o último período da pré-história Nórdica, seguido imediatamente pelo início da Idade Média.

Boa parte da população escandinava foi composta por camponeses, que dedicaram suas vidas ao cultivo em suas terras. As comunidades viviam em pequenos grupos compostos geralmente por famílias de varias gerações, o cultivo em sua maior parte era do centeio, do trigo, da aveia e logo também da cevada.

Diferente da imagem que é transmitida através de filmes e series, os vikings não eram selvagens que se alimentavam dos seus inimigos e bebiam sangue em seus crânios, a alimentação era a base de pão, papas de cereais, queijo fresco e bagas, e suas bebidas favoritas foram a água, o leite, o hidromel, a cerveja e o vinho.

Bom, com esse resumo já podemos dar inicio a nossa aventura ao passado em busca de respostas sobre a presença da cerveja na era Viking.

História da cerveja e hidromel na era Viking na Escandinávia.

Toda bebida fabricada a partir da fermentação de grãos pode ser classificada como Cerveja, já o hidromel é criado a partir da fermentação de mel e frutas. A semelhança histórica entre elas é que ambas as bebidas tiveram um papel importante na história dos vikings na Noruega.

O hidromel entre os vikings era tão apreciado que a própria Mitologia Nórdica explicava seu surgimento e sua preciosidade.

Existem registros escritos que provam que a cerveja e o hidromel eram consumidos em toda a Europa durante o início do período medieval e na era viking (775-1050 dC). No entanto, alguns estudiosos afirmam que os primeiros grãos cultivados só começaram a chegar na Escandinávia após o século VII. Há evidências documentadas de que o hidromel sempre fez parte da cultura dos escandinavos, com base nisso, o hidromel provavelmente precedeu a cerveja na cultura viking.

Ainda assim, isso não significava que os Vikings não amavam sua cerveja! Pois a partir do século VIII ela começou a ser consumida com abundância. No Hávamál e em outras obras nórdicas da literatura e da poesia, cerveja e hidromel são frequentemente mencionados como sendo parte integrante da sociedade nórdica.

A Cerveja Hoje

Não de agora que a cerveja é um assunto que agrada a maioria das pessoas por todo o mundo, as cervejas especiais sempre despertaram interesse e curiosidade. A cada dia surgem novas choperias, mestres cervejeiros e especialistas no assunto com o objetivo de inovar algo que já é tão tradicional e comum.

Boa parte dessa busca por inovação, tem como objetivo reviver sabores e estilos que foram esquecidos no tempo.

Com o avanço da tecnologia, hoje qualquer pessoa é capaz ter uma chopeira residencial e até mesmo fabricar sua própria cerveja dentro de sua casa! Porém, o que muitos não sabem é que algumas das principais marca de cerveja que bebemos hoje, foram inspiradas no estilo norueguês na era dos vikings na escandinava.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *